| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

VNN - VILA NOVA NEWS Feliz 2010!!
Desde: 22/12/2009      Publicadas: 66      Atualização: 06/02/2010

Capa |  Atualidade  |  Casa Rosada  |  Concursos Públicos  |  Destaque  |  Economia  |  Entretenimento  |  Fale Conosco  |  Galeria de Fotos  |  Geral  |  Manchete  |  Nossos Parceiros  |  Noticias  |  ONG Nova Atitude  |  Politica  |  Quem Somos  |  Utilidade Pública  |  VNN


 Geral

  22/12/2009
  0 comentário(s)


Olimpiadas 2016

Brasil organizará Olimpíadas de 2016 e já se prepara para gastar R$ 25,9 bi

Olimpiadas 2016
Após três tentativas, o Brasil finalmente ganhou a disputa pela sede dos Jogos Olímpicos. Agora, o governo brasileiro pode se preparar para colocar a mão no bolso. O projeto é estimado em R$ 25,9 bilhões, cifra sem precedentes na história do esporte nacional.

Dinheiro..., garantem as autoridades, existe. "Entre as dez maiores economias do mundo, só o Brasil nunca organizou os Jogos Olímpicos", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles também fez coro. "Nós temos a 10ª maior economia do mundo e o Banco Mundial prevê que seremos a quinta até 2016. Já somos o quinto maior mercado publicitário do mundo e ainda estamos crescendo. E graças ao descobrimento do maior campo petroleiro do mundo, temos também grande reserva de petróleo. Nossa força econômica traz a certeza que podemos ter os Jogos Olímpicos".

O Rio de Janeiro bateu nesta sexta-feira Madri na rodada final da disputa para conquistar o direito de organizar os Jogos de 2016, por 66 votos a 32. Com isso, encerra um sonho que começou em 1992 e que já custou mais de R$ 180 milhões só em candidaturas. Chicago e Tóquio também foram superadas pelos cariocas.

O anúncio, feito pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge, provocou uma reação histérica na delegação brasileira. O presidente Lula foi envolvido por abraços de políticos, atletas e dirigentes esportivos. A maioria deles aos prantos.

Com a vitória, o Rio se torna a primeira cidade sul-americana a ser sede de uma Olimpíada. Além disso, faz o Brasil repetir os feitos de México, Alemanha e Estados Unidos, que organizaram, com diferença de dois anos, os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo.

A caminhada brasileira rumo à sede da Olimpíada se iniciou em 1992, com a frágil campanha de Brasília para abrigar os Jogos de 2000. O Rio entrou na disputa duas vezes, para as Olimpíadas de 2004 e 2012, antes de sair finalmente vencedor.

A campanha Rio 2016 começou tímida. Na fase inicial da candidatura, o Rio de Janeiro ficou em quinto lugar na avaliação realizada pelo COI, atrás até mesmo de Doha, que não foi à fase final porque proprôs os Jogos em um período de extremo calor.

Com o tempo, a candidatura carioca entrou nos eixos. A campanha maciça feita pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, frente aos membros do COI, aliada à influência do ex-presidente da Fifa João Havelange e o corpo a corpo realizado por Pelé fizeram com que o Rio conquistasse os votos decisivos da eleição.
  Autor:   Rubens


  Mais notícias da seção Brasil no caderno Geral
23/12/2009 - Brasil - Dilma diz que fundo social do pré-sal será para todos
Ministra disse que cabe aos Estados reivindicar sua parcela de lucro gerado pela extração do petróleo...



Capa |  Atualidade  |  Casa Rosada  |  Concursos Públicos  |  Destaque  |  Economia  |  Entretenimento  |  Fale Conosco  |  Galeria de Fotos  |  Geral  |  Manchete  |  Nossos Parceiros  |  Noticias  |  ONG Nova Atitude  |  Politica  |  Quem Somos  |  Utilidade Pública  |  VNN
Busca em

  
66 Notícias